Os benefícios do açaí para prática esportiva
julho 13, 2020

É um fruto originado de uma palmeira que é amplamente distribuída pela região norte da América do Sul. Como alimento, o açaí pode ser consumido cru ou em forma de suco. O seu sumo é utilizado comercialmente como bebidas e junto a combinações, principalmente semelhantes a sorvetes. Diversas formas de fabricação utilizam corante alimentar natural roxo para resultar em uma aparência mais atrativa. Aqui na nossa região o açaí é consumido pasteurizado e com xarope de guaraná o que torna seu sabor adocicado.

Estudos afirmam que o açaí pode ser rico em antocianinas, que é um tipo de antioxidante de plantas que pode oferecer a capacidade de redução dos níveis de colesterol na corrente sanguínea. As propriedades dos esteróis vegetais também podem contribuir com benefícios cardio-protetores para as células, o que previne contra coágulos sanguíneos, ocasionando o relaxamento dos vasos sanguíneos e melhorando a circulação de um modo geral.

Benefícios do açaí para o organismo:

1. Emagrece
O açaí exerce um importante papel para controlar o peso e ajudar no emagrecimento. Por ser muito rico em fibras, ele ajuda a aumentar a sensação de saciedade no organismo, o que faz a gente comer menos e influencia diretamente na diminuição da compulsão alimentar. O açaí é conhecido por muitas pessoas como um alimento extremamente calórico. Mas não é bem assim. A fruta possui cerca de 70 kcal para cada 100 g, praticamente o mesmo valor calórico de frutas como a maçã ou a manga. O alimento perde, por exemplo, para a banana (105 kcal/100 g), o abacate (162 kcal / 100g) ou para o supercalórico tamarindo (230 kcal para 100g). O fato é que, se consumido dentro de uma alimentação saudável aliada à prática de atividades físicas regulares, a fruta ajuda a acelerar o metabolismo, favorecendo a perda de peso.

2. Reduz colesterol
A fruta é rica em antioxidantes (antocianinas e proantocianidinas, que dão a cor roxa), que são responsáveis por controlar, prevenir e até inibir processos inflamatórios. Elas também atuam na redução do LDL-colesterol (o famoso colesterol ruim). O açaí ainda é fonte de iodo, que ajuda a evitar os males da tireoide, e de manganês, mineral importante para combater a Tensão Pré-Menstrual (TPM) e que aumenta a capacidade de absorção de cálcio

3. Previne doenças do coração
Outro dos benefícios do açaí é a prevenção de doenças. Esses mesmos antioxidantes também melhoram a sensibilidade da insulina e reduzem a pressão arterial.

Para os corredores essa fruta auxilia muito , apos um longão, é comum que algumas dores musculares surjam. O açaí, por sua vez, pode ajudar a diminuir esse processo inflamatório, acelerando na recuperação pós-treino. Tudo isso se deve à presença de flavonoides, substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias, que também atuam na prevenção de doenças cardiovasculares, do câncer e até de doenças degenerativas, como Alzheimer ou Parkinson.
Atenção: Por ser grande fonte de energia, o açaí é melhor para o pré-treino. Mas, comê-lo depois de uma corrida longa pode ser muito produtivo, Isso porque, ele irá ajudar você a recuperar as energias perdidas. Um shake ou uma tigela de açaí com frutas ou granola são ótimas opções para o pré-treino. Mas é importante que este açaí seja uma opção sem açúcar e aditivos químicos ou com excesso de calorias , como por exemplo leite em pó.

Receitas diferentes de sobremesas energéticas para consumir antes dos treinos longos:

Brigadeiro de açaí:
Ingredientes:
1 lata de leite condensado;
200 g de polpa de açaí
1 medida de whey
Modo de Preparo:
Junte os dois ingredientes em uma panela antiaderente e misture-os até obter o ponto de brigadeiro. Desligue o fogo e deixe a massa esfriar. Com as mãos, faça as bolas de brigadeiro de acordo com o tamanho que deseja. Cubra as bolinhas com granola ou chia.

Mousse de açaí:
Ingredientes:
2 litros de polpa de açaí
3 xícaras (chá) de açúcar
10 gemas de ovo
40g de gelatina incolor sem sabor
1 xícara (café) de água
Tapioca granulada à vontade
Modo de Preparo:
Em uma tigela, misture o açaí, o açúcar e bata. Em outra tigela, bata as gemas com 10 colheres de açúcar até obter o ponto de creme. Enquanto isso dissolva a gelatina na água. Misture a gelatina, e os dois cremes que você preparou. Coloque a mistura em uma forma de pudim e leve para o congelador até ficar firme. Decore com tapioca e sirva gelado.

Bianca Passos "Nutri que corre"
Nutricionista Clínica, funcional e Esportiva.
@biancapassosnutriquecorre 

marketing
Siga no Instagram
Instagram
Programe seu próximo evento