Pular para o conteúdo

Blog Foco Radical

Início » Circuito das Serras

Circuito das Serras

Domingo, 17 de outubro de 2021. Um dia frio, chuvoso e afastado do centro de São Paulo (na verdade, São Bernardo do Campo). O que demanda tempo de deslocação e mesmo assim, cerca de mil atletas divididos em distâncias de 6, 12 ou 21k se reuniram para enfrentar o desafio. O local é lindo e proporciona paisagens de tirar o fôlego, mas o dia chuvoso apresentava desta vez um percurso ainda mais pesado e lama. Muita lama.

Vale ressaltar que o Circuito das Serras acontece sempre em terreno montanhoso nas proximidades da capital paulista e proporciona uma experiência de correr com provas de grande altimetria que exige muito dos corredores. Apesar do frio, chuva e distância, existia uma euforia no meio dos participantes. Muita gente correndo sua primeira prova desde o início da pandemia, mas havia também aqueles que enfrentariam uma prova de montanha pela primeira vez ou mesmo quem tenha se iniciado nas corridas durante a pandemia fazendo a primeira prova presencial de suas vidas que culminava em uma energia e desejo muito grande pela prova.

Circuito da serra, foto por Mario Sérgio de Jesus - blog Foco Radical

Foto: Mario Sérgio de Jesus

As largadas foram 9h para os 21k, 9h30 para os 12k e 10h para os 6k. Os três percursos diferentes com a mesma largada e mesma chegada mas que tinham basicamente um começo descendo pela estrada velha de Santos e voltando pelas trilhas. Nesse circuito, você deve correr com sua garrafa para ser abastecida nos pontos propostos pela organização e a maioria acabava levando a disponibilizada no kit dos atletas que continha ainda uma bela camiseta e número de peito.

A característica dessa prova não é de tempo e sim do enfrentamento da diversidade e dureza do percurso e óbvio, além de tudo, da experiência em si. Se a corrida costuma trazer benefícios mentais aos adeptos do esporte, imagine junto à natureza onde não há só uma conexão como uma verdadeira imersão. Prova bela e duríssima que faz com que cada participante se orgulhe ainda mais de seu feito exibindo sua medalha que talvez seja o único ponto de possível reclamação. Não que haja problema com ela. Bonita e todo o restante da prova beira a perfeição entregando aquilo que os aventureiros dispostos buscam, mas repetindo a mesma medalha de etapa em etapa.

Circuito das Serras - Blog Foco Radical. Foto: Mario Sérgio de Jesus

Foto: Mario Sérgio de Jesus

Que se registre que o Circuito das Serras é agraciado com lei de incentivo sendo disponibilizada de forma gratuita ao povo e é uma prova de características únicas. Se não participou de alguma etapa, fique de olho pois faz parte do time de corridas que você precisa fazer pelo menos uma vez na vida, mas saiba que será uma das provas mais difíceis que provavelmente terá feito. Apesar dessa dureza, o momento pandêmico convergiu para uma série de corredores sedentos pela experiência e mesmo correndo todo o trajeto debaixo de chuva e por vezes passando frio no momento, exibiam sorrisos para as melhores fotos ao fim do evento.

Vida longa ao Circuito das Serras!!!

P.S.: O Circuito das Serras desde sempre adotou a prática de deixar apenas corredores vestidos com a camiseta oficial do evento participarem da prova, o que notoriamente afasta os corredores não inscritos oficialmente e podemos começar a ver isso com uma maior frequência daqui para frente visto que se deve haver um maior controle dos eventos daqui para frente em virtude da pandemia. Será? Quem viver, verá.

Mais informações: https://adventurecamp.com.br/circuitodasserras/sobre/

Por: Demétrius – Eu e a Corrida
Instagram: @eueacorrida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *